Ef

SEM SABER QUE ERA IMPOSSÍVEL, FOI LÁ E FEZ.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

O QUE É A QUALIDADE DE VIDA?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 O QUE É A QUALIDADE DE VIDA? em Dom Maio 01, 2016 9:07 am

Admin

avatar
Admin

1. INTRODUÇÃO

Muito se fala em Qualidade de Vida nos dias de hoje. Essa expressão tornou-se a busca incansável de pessoas que vivenciam a correria do dia-a-dia, o estresse, a falta de tempo para o lazer e para a família, os problemas de saúde e todas as outras situações que causam desconforto e insatisfação. Aproveitando-se dessa situação, o termo “Qualidade de Vida” tem sido usado e explorado por diversos setores com diversos interesses. Com isso, vemos a expressão “Qualidade de Vida” estampada em todos os lugares, como um “guarda-chuva” que tudo pode significar e em que tudo pode se pendurar. Entretanto, grandes centros de pesquisa, universidades e as mais importantes organizações internacionais se empenham para mostrar o que “Qualidade de Vida” realmente significa e quais os principais passos para que possamos alcançá-la.

2. DEFINIÇÃO

Um grupo de pesquisadores de diversos países, reunidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), discutiram a seguinte pergunta: “O que é Qualidade de Vida?”. Assim, puderam reunir o que existe de mais significativo na vida das pessoas e as atitudes e situações que mais atuam no seu bem-estar. Partindo do pressuposto de que saúde é o completo bem-estar físico, psíquico e social, observaram que a Qualidade de Vida tem aspectos subjetivos (bem-estar, felicidade, amor, prazer, realização pessoal, entre outros) e aspectos objetivos (renda, escolaridade, e todos os fatores relacionados ao desenvolvimento econômico e social). Começaram, assim, a sistematizar um conceito, em que os aspectos subjetivos têm relação com nosso estilo de vida (se fuma ou não, se alimenta-se de forma saudável, se faz exercícios, etc.) e os aspectos objetivos tem relação com as condições de vida (renda, local onde mora, se tem acesso à educação, etc.). Além de sua subjetividade, a Qualidade de Vida possui um aspecto multidimensional (como as dimensões físicas, psicológicas e sociais) e possui dimensões positivas (por exemplo, a mobilidade) e negativas (por exemplo, a dor).

3. O CONCEITO

Segundo a OMS, Qualidade de Vida é "a percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações". Nos diz que a Qualidade de Vida pode variar de acordo com a cultura da pessoa, e que irá variar para cada um, dependendo de seus objetivos e suas expectativas. Observaram, também, que alguns aspectos são comuns e universais, como o bem-estar físico, psicológico, relações sociais, o ambiente, o nível de independência e as crenças pessoais ou religiosidade. A estes seis itens deram o nome de “domínios”, ou seja, são os principais aspectos que determinam a Qualidade de Vida de uma pessoa. Cada um destes domínios possui suas características. No caso do domínio Físico, o que determina nossa Qualidade de Vida seria a existência ou não de dor e desconforto, a energia e a fadiga, e a qualidade de nosso sono e repouso. Já no domínio Psicológico, os itens importantes seriam os sentimentos positivos e negativos, a auto-estima, a imagem corporal e aparência, e os aspectos cognitivos, como pensar, aprender, memória e concentração. A esses subitens ou subdomínios, damos o nome de “facetas”. No domínio Nível de Independência, ressalta-se a importância da capacidade de trabalho, da mobilidade, de manter-se apto para as atividades da vida cotidiana, o dos prejuízos da dependência de medicamentos. As relações pessoais, o suporte ou apoio social e a vida sexual são itens importantes para a Qualidade de Vida e que estão inseridos no domínio das Relações Sociais. O domínio do Ambiente inclui a segurança física e proteção, o ambiente no lar, os recursos financeiros, a disponibilidade e qualidade dos serviços de saúde, o transporte, a oportunidade de lazer e aspectos do ambiente físico, como ruído, poluição, trânsito e clima. Por último, temos o domínio dos aspectos espirituais, religião e crenças pessoais, que influenciam as perspectivas e objetivos de uma pessoa, trabalhando, assim, com sua Qualidade de Vida.

Domínios e facetas da Qualidade de Vida, segundo a OMS

Domínio I - Domínio Físico

1. Dor e desconforto 2. Energia e fadiga 3. Sono e repouso

Domínio II - Domínio Psicológico

4. Sentimentos positivos 5. Pensar, aprender, memória, concentração 6. Auto-estima 7. Imagem corporal e aparência 8. Sentimentos negativos

Domínio III - Nível de Independência

9. Mobilidade 10. Atividades da vida cotidiana 11. Dependência de medicação ou de tratamentos 12. Capacidade de trabalho

Domínio IV - Relações Sociais

13. Relações pessoais 14. Suporte (apoio) social 15. Atividade sexual

Domínio V - Ambiente

16. Segurança física e proteção 17. Ambiente no lar 18. Recursos financeiros 19. Cuidados de saúde 20. Novas informações e habilidades 21. Recreação e lazer 22. Ambiente físico 23. Transporte

Domínio VI - Aspectos Espirituais/religião/crenças pessoais

24. Espiritualidade/religião/crenças pessoais

4. Breve explicação sobre as facetas da Qualidade de Vida

DOR: Capacidade em controlar a dor. Supõe-se que quanto mais fácil for aliviar a dor, melhor é a QV. As pessoas têm reações diferentes frente a dor, diferenças em tolerância e aceitação da dor influenciam QV.

ENERGIA E FADIGA: Exploram a energia, o entusiasmo e a resistência para as atividades diárias. Englobam o cansaço incapacitante e suas várias conseqüências, como enfermidades, depressão e esforço excessivo.

SONO E REPOUSO: Problemas com o sono de qualquer razão (insônia, acordar muito cedo sem precisar, acordar no meio da noite, etc.) em um sono não reparador. Medicamentos para dormir estão em outra questão.

SENTIMENTOS POSITIVOS: até que ponto uma pessoa experimenta sensações positivas de satisfação, equilíbrio, paz, felicidade, alegria, esperança e as idéias sobre o futuro.

PENSAR, APRENDER, MEMÓRIA, CONCENTRAÇÃO: referente aos aspectos cognitivos de uma pessoa.

AUTO-ESTIMA: sentimento da pessoa com relação à si mesma. Sensação de seu valor frente à diversos âmbitos de sua vida.

IMAGEM CORPORAL E APARÊNCIA: Se a pessoa vê seu corpo de forma positiva ou negativa.

SENTIMENTOS NEGATIVOS: O quanto a pessoa sente tristeza, ansiedade e falta de prazer com a vida.

MOBILIDADE: A capacidade que a pessoa tem de mover-se de um lugar para o outro.

ATIVIDADE DA VIDA COTIDIANA: Capacidade da pessoa de realizar as atividades que devem ser feitas todos os dias, como cuidar de si mesma e de sua casa.

DEPENDÊNCIA DE MEDICAÇÃO OU DE TRATAMENTOS: dependência da pessoa com medicação ou tratamentos para respaldar seu bem-estar físico ou psicológico.

CAPACIDADE DE TRABALHO: o quanto a pessoa se sente apta e capaz para trabalhar.

RELAÇÕES POSSOAIS: Até que ponto os indivíduos sentem a companhia, o amor e o apoio que desejam das pessoas próximas à sua vida.

SUPORTE (APOIO) SOCIAL: até que ponto a pessoa sente o compromisso, a aprovação e a disponibilidade de assistência prática por parte de suas famílias e seus amigos. Até que ponto famílias e amigos compartilham responsabilidades e trabalham em comum para resolver os problemas pessoais e familiares e até que ponto poderia contar com eles em momentos de crise.

ATIVIDADE SEXUAL: refere-se ao impulso e desejo sexual, a expressão e a satisfação sexual.

SEGURANÇA FÍSICA E PROTEÇÃO: A sensação de segurança de uma pessoa com relação a um dano físico. Refere-se à sensação de liberdade.

AMBIENTE NO LAR: A forma com que o local que a pessoa mora repercute em sua vida e sua satisfação com esse local.

RECURSOS FINANCEIROS: avalia a sensação de que os recursos que têm são suficientes, de ser dependente ou independente financeiramente.

CUIDADOS DE SAÚDE: Satisfação com o acesso aos serviços de saúde e a qualidade e facilidade para recebê-lo caso necessite.

NOVAS INFORMAÇÕES E HABILIDADES: oportunidade de adquirir novas informações e habilidades e de estar em contato com as informações atuais. Para muitos, é importante estar em contato com os acontecimentos à sua volta.

RECREAÇÃO E LAZER: em que medida a pessoa pode participar de atividades de lazer

AMBIENTE FÍSICO: ruído, poluição, estética, clima, etc.e se isso ajuda ou piora a sua qualidade de vida.

TRANSPORTE: opinião da pessoa sobre a disponibilidade e facilidade para encontrar e utilizar serviços de transporte

ESPIRITUALIDADE: ajudam a afrontar as dificuldades da vida, fonte de consolo, bem-estar, segurança e sentido.

Portanto: qualidade de vida: envolve o bem físico, mental, psicológico e emocional, além de relacionamentos sociais, como família e amigos e também a saúde, educação, poder de compra e outras circunstâncias da vida.








Créditos e Bibliografias:

•www.ricardomassola.com.br/o-que-e-qualidade-de-vida-podemos-medi-la

•pt.m.wikipedia.org/wiki/Desenvolvimento_pessoal

Ver perfil do usuário http://ef.africa.net

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum